Sensibilidade Nos Dentes: Causas e Formas de Prevenção

Crianças tomando sorvete

Muito mais comum do que parece, a sensibilidade nos dentes atinge uma em cada oito pessoas no mundo todo, segundo um estudo realizado pela Universidade de Washington (EUA). A sensibilidade dental ocorre quando a dentina (camada que envolve o nervo dos dentes) fica exposta devido ao desgaste dos dentes. Esse problema causa dor e incômodo ao se ingerir alimentos ou bebidas quentes ou geladas.

Descubra quais hábitos provocam esse problema e com evita-los, logo abaixo:

ESCOVAÇÃO ERRADA

Escovar os dentes com muita força não significa que eles serão mais limpos. Na verdade, essa atitude pode causar mais danos do que benefícios. Uma escovação exagerada pode ocasionar o desgaste do esmalte dental e, consequentemente, deixar a dentina exposta. Além disso, a escovação errada também pode provocar a recessão gengival.

RECESSÃO GENGIVAL

Uma das principais causas da sensibilidade dental é a mastigação errada e escovação excessiva, pois elas podem fazer com que haja a retração gengival. Essa retração faz com que a dentina fique exposta, gerando dores e incômodos. Nesse caso, é necessário contatar um dentista rapidamente para que o quadro não se agrave.

BRUXISMO

O bruxismo se caracteriza como o hábito de pressionar, ranger e apertar constantemente os dentes. Esse comportamento é mais comum quando se está dormindo e o estresse diário é um dos seus causadores. O bruxismo provoca o desgaste e a perda do esmalte no colo e nas bordas dos dentes, o que aumenta a sensibilidade deles. O uso de protetor bucal é indicado, mas sempre mediante consulta prévia a um dentista.

DENTES NÃO SÃO ABRIDORES

Muitas pessoas têm o costume de usar os dentes para abrir garrafas e até mesmo alguns tipos de embalagem. Contudo, essa atitude pode causar lascas nos dentes. Essas lascas provocam a perda do esmalte e expõem a dentina, gerando um agravamento da sensibilidade dentária. Por essa razão, evite usar sua boca como abrigador de garrafas!

ACIDEZ

Alimentos e líquidos com pH alto tendem a acelerar a desmineralização da arcada dentária, o que a enfraquece e deixa vulneráveis diversas partes sensíveis dos dentes. As substâncias que agravam este processo estão presentes em refrigerantes a base de cola, frutas muito ácidas, vinagres e até mesmo em enxaguantes bucais. Aconselha-se que o consumo dessas substâncias seja diminuído substancialmente.

NEM GELADO, NEM QUENTE

Temperaturas mais elevadas ou mais baixas podem causar verdadeira aflição nas pessoas que já sofrem com a sensibilidade nos dentes. Para amenizar esses efeitos é necessário que haja o acompanhamento de um dentista, pois ele poderá indicar com precisão quais procedimentos devem ser tomados para cada situação específica.

Share:

Deixe uma resposta